sábado, 28 de novembro de 2015

Projeto Dialogando com os jovens

Aproximadamente 100 alunos participaram do projeto Dialogando Noroeste do Paraná.
Com a proposta de debater temas relacionados à juventude, cultura, drogas e empreendedorismo social a Central Única das Favelas Paraná, promoveu no dia 30 outubro mais edição do projeto Dialogando em parceria com Facinor e CUFA Loanda. Desta vez, o projeto foi direcionado aos alunos do Colégio Estadual Humberto de Campos em Querência do Norte. Eles assistiram à palestra sobre juventude, saúde e crack, proferida por José Antonio C. Jardim e Cássio Gomes, ambos da CUFA. Após a palestra os estudantes tiveram espaço para discutir experiências pessoais relacionadas à discriminação racial com Gabriela Gomes, em seguida, Cleiton Rocha Santos (Kakko) Coordenador da CUFA Uberlândia MG e ativista no movimento Hip Hop e fez uma apresentação musical. "Além de exporem seus pontos de vista, os alunos fizeram ainda uma batalha de rima". A CUFA Loanda agradeceu a todos os colaboradores do colégio em especial que nos receberam em especial a professora Maria Edi pelo convite.






Contato:
jose.cufaparana@gmail.com    

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

I Jornada Regional Sobre Consciência Negra

O Cine Teatro Guanabara em Loanda nos dias 29 a 31 de outubro foi palco da I Jornada Regional Sobre a Consciência Negra. O evento foi organizado pela Central Única das Favelas Loanda e Facinor com objetivo de refletir sobre a construção e valorização da história e cultura afro-brasileira, no entanto, com a proposta de conscientização e a valorização desta questão no âmbito educacional, político, cultural e social, aproximadamente mil pessoas compareceram ao teatro nos dias 29 e 30 para ouvir os palestrantes José Antonio C. Jardim, Edimara Alves, José Guanabara e os professores Paulo Porto, Celso Santos e Elias Canuto Brandão. Em seguida, Cleiton Rocha Santos (Kakko) Coordenador da CUFA Uberlândia MG e ativista no movimento Hip Hop e fez uma apresentação musical, além de exporem seus pontos de vista. Contudo, a programação não ficou restrita somente às contribuições teóricas e o público pode prestigiar música, danças de rua, balé, declamação de poemas e oficinas de grafite com Isaac Souza; dança de rua com Mario Meira (Kaxópa); rima e poesia com Andy e de esportes radicais com Elizandro Cassaro, dentre outras atividades o ciclo de palestra Dialogando em Querência do Norte e Loanda para alunos do ensino médio e fundamental, todavia, colocando em discussão temas que são fundamentais no tempo presente á exemplo, juventude, cultura, violência e racismo. Agradecemos a todos em especial a FACINOR e CUFA Loanda/PR, realizadoras e proponentes do projeto.
















Contato:

jose.cufaparana@gmail.com    

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Projeto Dialogando chega no Noroeste do Paraná

No dia 30 de outubro, ocorreu mais uma atividade do Projeto de Extensão "Ciclo de Palestras", realizado a partir da parceira entre FACINOR e CUFA Loanda/PR. Como proposta de refletir sobre temas relacionados ao cotidiano juvenil, Marcos Silveira, coordenador de políticas sobre drogas da CUFA Paraná e estudante de psicologia, proferiu palestra “Dialogando” para os alunos do Ensino Médio do Colégio Loanda. Durante a atividade o palestrante abordou temas ligados a juventude e o uso de diferentes tipos de drogas e suas conseqüências para vida familiar, social e pessoal. O projeto de Extensão tem como objetivo promover atividades como palestras, cursos e oficinas em Instituições de Ensino, Saúde e CRAS de Loanda e Região. A palestra teve apoio dos cursos de Artes Visuais, Pedagogia, Educação Física, Administração e Enfermagem da FACINOR. Agradecemos o apoio do Colégio Loanda, pela acolhida do projeto, e ainda, ao palestrante Marcos Silveira, pela disponibilidade e excelente trabalho realizado com os alunos. Mais informações sobre o Projeto de Extensão, entrar em contato com os coordenadores do projeto: os professores  Adriana C. Medeiros, Maria Edi Da Silva ou com o Coord. CUFA Loanda e prof Cássio Gomes.


Contato:
jose.cufaparana@gmail.com    

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Encontro Estadual da CUFA Paraná

Nos dias 11 e 12 de Outubro representantes da Central Única das Favelas do Paraná - CUFA, reuniram-se na cidade de Cascavel na praça CEU para o encontro Estadual da CUFA. No estado a mais de nove (9) anos a CUFA ao logo da sua trajetória implantou bases em 11 cidades, além da capital Curitiba, buscando incansavelmente o desenvolvimento dos territórios que se encontram em desvantagem social, propondo e realizando ações afirmativas que protagonize o jovem morador de favela, transformado o que era estigma em carisma. Tornou-se uma rede social de ações em prol da sociedade integrada a milhares de bases espalhadas nos 26 estados brasileiros, Distrito Federal e em mais 17 países.
A CUFA – Central Única das Favelas – é uma organização sólida, reconhecida nacionalmente pelas esferas políticas, sociais, esportivas e culturais. Foi criada a partir da união entre jovens de varias favelas do Rio de Janeiro, principalmente negros, que buscam espaços para expressarem suas atitudes, questionamentos ou simplesmente sua vontade de viver. A organização tem como rapper Mv Bill como um dos seus fundadores, este já recebeu diversos prêmios devido á sua ativa participação no movimento Hip Hop. Em 2004, A UNESCO o premio como uma as dez pessoas mais militantes no mudo na última década.  Além dele, a CUFA conta com Nega Gizza, uma forte referencia feminina no mundo do Rap, conhecida e respeitada por sue empenho e dedicação às causas sociais.  Nega Gizza é também diretora do Huituz, o maior festival de Rap da America Latina, que é produzido pela CUFA. 
Dentro das pautas discutidas para os próximos anos a instituição busca fomentar novas novas tecnologias sociais para o desenvolvimento de atividades auto-sustentáveis que contribuirão para o desenvolvimento social, econômico e cultural das periferias, através de projetos que valorizem talentos e aptidões individuais e/ou coletivas destinadas prioritariamente a crianças, jovens e mulheres de favela.









Contato:
jose.cufaparana@gmail.com    

5º edição do Impacto Cultural Urbano

Jovens do movimento Hip Hop e outras culturas se encontraram nos dias 10,11 e 12 de Outubro em cascavel Paraná na 5º edição do Impacto Cultural Urbano. O evento realizado pela Central Única das Favelas de Cascavel e Toledo reuniu jovens adeptos ao skate, break, graffiti e show de rap na Praça “CEU” (Centro de Artes e Esportes Unificados), a programação contou com sarau de literatura e poesias urbanas e exposição de Low Bike. Mas os olhares do publico se voltaram os alunos (crianças) da oficina de dança de Santa Tereza do Oeste que participaram das batalhas de break. O aluno de Caio Pimentel, conquistou o primeiro lugar na batalha de break kids. Mais uma vez o evento proporcionou espaços de interação e integração entre os jovens cascavelense. O evento contou com apoio da RPC Cascavel, BemBolado Tv, Eu Sou do Bem, Greem Skate, secretária de Cultura, Cultura & Arte de Cascavel e coordenadores da Praça CEU.    








Contato:
jose.cufaparana@gmail.com    

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

CUFA Cambé: Só alegria na festa das crianças!

No dia 12 de Outubro as crianças reuniram-se para comemorar mais um dia das crianças na Central Única das Favelas em Cambé em parceria com a associação de moradores do bairro São Francisco, projeto Rede. O projeto atende crianças e jovens desde 2009 sobe a coordenação do Ivan Camilo através das aulas de futsal e recreação. Com o propósito de celebrar esse dia, a CUFA Cambé, promoveu o “Dia da Criançada”; durante todo o dia foram oferecido à comunidade lanches, brinquedos, torneios esportivos e brincadeiras.




Contato:
jose.cufaparana@gmail.com    

Coord. da CUFA Paraná participam discussão sobre juventude, Londrina

No sábado dia 10 de Outubro os coordenadores da Centra Única das Favelas do Paraná participaram da Comissão Especial sobre Violência e Morte na Juventude da Câmara de Vereadores, a convite do vereador Junior Santos Rosa, na sala de sessões do Legislativo de Londrina. Os trabalhos e contribuições da CUFA iniciou em julho quando convidada a explanar suas ações em prol do jovens londrinenses. Na ocasião foi realizada uma reunião com as autoridades para debater proposta que vão de encontro aos jovens em situação de vulnerabilidade social. Os membros da CUFA poderão explanar as atividades realizadas em suas cidades, Cássio Gomes (Loanda), Marcos Silveira (Londrina), Luciana Macedo (base I – Cambé) José Roberto – Mestre Kim (base II Cambé), Daniele Morcelli (base III – Cambé) e José Antonio, presidente da CUFA Paraná explanou a diversas ações desenvolvidas nas nove (9) bases da CUFA no estado. Todavia, é necessário agirmos com cautela nesses debates. Porém nossas ações utilizam da nossa própria tecnologia social “cultura e esporte” desenvolvida nos territórios a onde atuamos, proporcionado uma educação transformadora e assim contribuído para que a juventude tenham uma vida saudável e sejam protagonista de sua própria história.





Contato:
jose.cufaparana@gmail.com